Home » Notícias » 110 alunos são atendidos pelo CAEE

110 alunos são atendidos pelo CAEE

110 alunos são atendidos pelo CAEE

Atendendo hoje cerca de 110 alunos, o Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE) é referência em toda região por contar com uma equipe multidisciplinar composta de fisioterapeuta, fonoaudiólogo, psicólogos, psicopedagoga, terapeuta ocupacional, professores especialistas em educação especial e profissionais de apoio.

O CAEE possui sede própria e atende alunos matriculados na rede regular de ensino que tenham transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades, de forma complementar ou suplementar à escolarização.

Os alunos são encaminhados pelas escolas municipais para avaliação dos membros da equipe multidisciplinar e, quando constatadas as necessidades, tem início os atendimentos e acompanhamentos dos alunos, de forma individual ou em grupo.

Em alguns casos, além das terapias educacionais, também são necessárias terapias clínicas para obtenção de melhores resultados e maior desenvolvimento dos educandos.

A mãe do pequeno Renan, Rosangela Almeida da Silva, de 32 anos, conta que seu filho é acompanhado pelo CAEE há dois anos. “É bom, não podemos deixar de trazer nosso filho pra estar fazendo o tratamento com a equipe, a fisioterapia que é importante para o fortalecimento”, disse.

“Cada dia, a cada sessão percebemos que ele o Renan vem mantendo mais o foco, compreende os comandos que falamos pra ele, sempre aprimorando”, disse a fisioterapeuta de Renan, Patrícia Forastieri Soares, e finaliza “Este é um trabalho em equipe, junto aos professores das escolas para cada dia estar evoluindo”.

Coordenadora do CAEE, Kelli Cristina Araujo de Souza, afirma “Nosso trabalho é desenvolvido com muita seriedade, por isso, hoje somos referência para municípios vizinhos. Temos muito que avançar, porém, estamos no caminho certo”, concluiu.

Para o prefeito o trabalho desenvolvido pela equipe do CAEE  é de fundamental importância e auxilia na vida escolar e familiar. “Além disso, as atividades que são realizadas pelo CAEE ajudam no processo de inclusão. Sabemos que poucos municípios contam com a mesma estrutura que disponibilizamos em Iperó. É claro que melhorias são sempre positivas, mas a dedicação de toda equipe é muito visível e merece ser valorizada e divulgada sempre.”, declarou.

Além das atividades desenvolvidas no CAEE, as escolas municipais contam com salas multifuncionais que são utilizadas para o atendimento desses alunos. Os profissionais do CAEE também atuam nas escolas para acompanhar a rotina escolar e garantir, além do acompanhamento dos alunos, o auxílio aos professores da rede municipal com esclarecimentos e orientações caso a caso.

Na escola Neide Fogaça de Lima, por solicitação da gestão da escola, a equipe acompanha alguns HTPC’s (Horários de Trabalho Pedagógico Coletivo visando a melhoria das ações desenvolvidas com os alunos.

Os atendimentos dos alunos matriculados na área central e na região de Bacaetava são realizados na sede do CAEE, localizada na Rua Rita Mota, 101, Vila Marques. Já os alunos de George Oetterer e Fazenda Ipanema acontecem numa sala na escola Marinheiro

  • Mariz e Barros.

A equipe do CAEE prepara para a Semana das Pessoas com Necessidades Especiais uma série de atividades, inclusive, com a realização de uma palestra aberta para que todos os interessados possam conhecer mais sobre o trabalho e as atividades desenvolvidas com os alunos.