Home » Secretarias » Educação » Após estragos causados pela chuva, ações necessárias na escola Pedrina seguem em andamento

Após estragos causados pela chuva, ações necessárias na escola Pedrina seguem em andamento

Após estragos causados pela chuva, ações necessárias na escola Pedrina seguem em andamento

Após estragos causados pela chuva, ações necessárias na escola Pedrina seguem em andamento

Desde os estragos causados pelas fortes chuvas na “EM Pedrina de Campos Pedrozo Rosa” no último dia 9, a Prefeitura de Iperó, por meio da Secretaria de Obras, vem realizando os trâmites necessários em torno da resolução dos estragos para garantir a segurança dos alunos e o início do ano letivo sem prejuízos.

Após o acontecido, a Prefeitura contratou imediatamente uma empresa especializada para realizar vistoria completa na escola, que emitiu um laudo técnico da estrutura do prédio. O laudo indicou que apenas duas salas do fundo da escola foram afetadas, e que o restante do prédio não apresenta perigo.

Com isso, as obras necessárias nas salas afetadas já estão em andamento. “As aulas irão começar antes da conclusão das obras, porém, os alunos não terão prejuízo com o calendário escolar. As duas salas afetadas serão isoladas, assim como o pátio externo, evitando qualquer tipo de contato com alunos e professores. É importante frisar também que, as duas salas de aula afetadas serão remanejadas para outros ambientes, dentro da própria escola, até o término total das obras” destaca o Secretário de Obras.

A gestão da unidade escolar já está ciente sobre as atualizações do caso do prédio e, após o retorno das aulas, a Secretaria de Educação pretende dialogar com os professores e pais dos alunos, a fim de tranquilizar todos sobre a situação do prédio e demais providências que serão tomadas, como o isolamento das partes afetadas. Além dos reparos necessários por conta dos estragos causados pela chuva, a Secretaria de Obras planeja realizar pintura interna e externa na unidade escolar. O prazo para término total das obras é de até 45 dias.