Home » Notícias » “Caminhando contra as drogas” conclui oficina de Graffiti

“Caminhando contra as drogas” conclui oficina de Graffiti

“Caminhando contra as drogas” conclui oficina de Graffiti

Os alunos da primeira turma da oficina de Graffiti, promovida pelo “Caminhando contra as drogas” (CCaD), concluíram as atividades na última quarta (2). O projeto tem o apoio da Prefeitura de Iperó. A oficina foi realizada em parceria com o grafiteiro Bode Sanches, de Sorocaba, e os 30 alunos criaram um painel de 45 metros quadrados ao lado da sede do CCaD.

Utilizando as técnicas do Graffiti, foram elaboradas duas ilustrações. A primeira mostrando o trem e a cidade, incluindo representações da região central e dos bairros Novo Horizonte e Vila Santo Antonio, que são vizinhos à ferrovia. A segunda voltada à arte surreal, apresentando a mensagem de alerta sobre a destruição da natureza pelo homem.

A oficina recebeu o nome de “Graffiti Legal” e, de acordo com Bode Sanches, o objetivo é levar a arte para diversos locais. O grafiteiro iniciou o projeto “Graffiti Legal” em Votorantim há cerca de um ano e é parceiro do CCaD há mais de dois anos.

Foram três meses de aulas, com duas horas semanais. “O painel é um presente para o município. A aceitação da comunidade foi muito importante e os alunos se engajaram bastante. Agora estamos planejando os próximo trabalhos”, comentou Patrícia Virgínia da Silva, coordenadora do CCaD.

Kaique Zucco, 21 anos, não perdeu nenhuma aula. “Aprendi bastante e ajudei os outros alunos também. Foi o meu primeiro contato com o Graffiti e era algo que eu tinha vontade. Me interessei pela oficina quando conheci o projeto e trouxe alguns amigos também”, disse.

Vinícius Augusto, 26 anos, conta que foi pichador em São Paulo quando era mais novo e destacou a importância do aprendizado durante as aulas no CCaD. “Hoje é muito significativo esse gesto de direcionar as minhas ações para o lado artístico, como é o caso do Graffiti. Aqui ocupamos o nosso tempo de forma proveitosa. Graças a essa oficina tive a oportunidade de participar de workshops e exposições, além do evento ‘Graffiti e Paz’ realizado em Sorocaba”, explicou.

Estão abertas as inscrições para a nova turma da oficina de Graffiti, que será iniciada em setembro. Podem participar alunos a partir de 11 anos. Os interessados devem ir à sede do CCaD, que fica na Praça Pedro Albieri, s/n (prédio do antigo Pernoite).

Bode Sanches e os alunos do CCaD em frente ao painel elaborado durante a oficina