Home » Notícias » “Caminhando contra as drogas” divulga balanço de 2016

“Caminhando contra as drogas” divulga balanço de 2016

“Caminhando contra as drogas” divulga balanço de 2016

Na última quinta (19), o projeto “Caminhando contra as drogas” (CCaD) divulgou o balanço referente às ações realizadas em 2016. De acordo com as informações fornecidas pela equipe do CCaD, ao todo 5.833 pessoas participaram das atividades desenvolvidas no decorrer do ano passado, incluindo as apresentações e palestras em escolas e projetos municipais, a atuação no ”Culturando nas Praças” e ”Esporte Incentivo”, os encaminhamentos para internações em clinicas de reabilitação, a doação de mantimentos a famílias necessitadas e as aulas na sede. No Facebook, o CCaD conta ainda com 8.826 membros em seu grupo.

O projeto nasceu em 2012, quando o filho mais velho da fundadora foi internado em uma clínica de reabilitação. Desde então, Patrícia Virgínia da Silva atua para mudar essa realidade enfrentada por inúmeras famílias e passou a trabalhar focando a prevenção.

“O CCaD virou lei municipal e hoje levamos orientação e prevenção para as escolas e projetos municipais. Contamos ainda com parcerias e temos cumprido o objetivo de prevenir e alertar os jovens sobre os males causados pelas drogas. Agradeço a Deus, ao prefeito que sempre acreditou em nosso trabalho, à Prefeitura, à população que nos ajuda muito e à família CCaD. O projeto é de todos, pois cada um trabalha bastante para que ele se desenvolva ainda mais”, explicou a fundadora e também coordenadora.

“É preciso valorizar iniciativas importantes como é o caso do CCaD, que realiza um trabalho de grande relevância para o nosso município. Podem contar com o nosso apoio sempre”, comentou o prefeito.

Entre as atividades programadas para 2017, estão a prevenção de drogas lícitas e ilícitas (escolas e praças públicas), o auxilio escolar (matemática, português, inglês e história), o projeto artístico (dança, capoeira, música e teatro), o projeto grafite (workshop), o projeto horta comunitária, a escultura em argila e as palestras. Os interessados em participar ou atuar como voluntários podem ir até a sede do CCaD, que fica na Praça Pedro Albieri, s/n – Centro (antigo Pernoite).