Home » Destaque » Divulgada a classificação do Programa “Município VerdeAzul”

Divulgada a classificação do Programa “Município VerdeAzul”

Divulgada a classificação do Programa “Município VerdeAzul”

No último dia 13, o vice-governador Márcio França anunciou o Ranking Ambiental 2017 do Estado de São Paulo, durante a comemoração dos 10 anos do Programa “Município VerdeAzul” (PMVA). Ao todo, 48 municípios atingiram nota superior a 80 pontos.

O Ranking Ambiental é resultado da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios. Neste ano houve novidades para aqueles que aderiram ao PMVA, com duas pré-certificações que aconteceram em junho e setembro, além da participação nos encontros do Ambiente Móvel. O Indicador de Avaliação Ambiental (IAA) é publicado para que o poder público e a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento das políticas públicas e ações sustentáveis.

Entre os 645 municípios paulistas, Iperó subiu da 294ª posição em 2016 (nota 23,22) para a 293ª em 2017 (nota 25,81). Desde 2014 o município subiu 233 posições no ranking, quando ocupava a 526ª posição (nota 9,57).
De acordo com o vice-governador, São Paulo é referência na área ambiental. “Mais de 50% da nossa energia são renováveis. Temos quase 20% do nosso território, mesmo sendo um território pequeno perto de alguns estados brasileiros, de mata nativa. E somos um dos estados mais desenvolvidos do mundo”, disse.

O prefeito comenta sobre o comprometimento do município na área do meio ambiente. “Tivemos uma evolução importante nos últimos três anos e subimos mais uma posição no comparativo com 2016. Com a divulgação do ranking deste ano vamos analisar os resultados, identificar os itens onde precisamos melhorar e desenvolver as ações necessárias”, explicou.

PMVA – Criado em 2007 pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o programa tem o objetivo de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental nos municípios, além de estimular e auxiliar as prefeituras na elaboração e execução de suas políticas públicas para o desenvolvimento sustentável. A participação no PMVA também é um dos critérios de avaliação para liberar recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição (FECOP).

O programa utiliza dez diretivas que norteiam a agenda ambiental nos seguintes temas: esgoto tratado, resíduos sólidos, biodiversidade, arborização urbana e rural, educação ambiental, cidade sustentável, gestão das águas, qualidade do ar, estrutura ambiental e conselho ambiental.

Para mais informações sobre o PMVA, acesse o site http://verdeazuldigital.sp.gov.br/site/