Home » Destaque » Emenda permitirá aquisição de veículo para a Saúde

Emenda permitirá aquisição de veículo para a Saúde

Emenda permitirá aquisição de veículo para a Saúde

Em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, no último dia 20, o prefeito de Iperó assinou um convênio de R$ 100 mil que será destinado à aquisição de uma van para o transporte de pacientes. O valor é fruto de uma emenda do deputado estadual Ricardo Madalena (PR). Além do prefeito e do deputado, o evento contou com a presença do governador Geraldo Alckmin e representantes de outras prefeituras e entidades paulistas.

Durante a solenidade foram assinados convênios visando a liberação de recursos para os municípios e as entidades, principalmente na área da Saúde. No caso de Iperó, o valor permitirá atender as necessidades da Prefeitura para a compra do novo veículo que realizará o transporte de pacientes. “É gratificante ver as necessidades do povo atendidas pelo governo. Ao destinar esses recursos para Iperó, estamos atendendo às solicitações do prefeito e dando resposta às necessidades da população. A verba ajudará a minimizar os problemas, porém, continuamos na luta para atender outras demandas da cidade”, afirmou o deputado.

Atualmente, pacientes iperoenses são transportados para São Paulo, Salto, Itu, Sorocaba, Jaú e Bauru, chegando a cerca de 500 pessoas por mês. O novo veículo terá capacidade para transportar até 11 pacientes.

“Ficamos felizes com a parceria do deputado Madalena. A emenda vem num momento em que Iperó precisa muito, devido à crise que estamos enfrentando. Esse veículo nos permitirá melhorar os serviços aos pacientes. E por ser nova, a van tem a manutenção barata e traz mais conforto para quem utiliza. Também conseguiremos diminuir os gastos com o transporte terceirizado”, explicou o prefeito.

O transporte de pacientes acontece de segunda a sábado. Entre os tratamentos mais comuns estão os relacionados a hemodiálise, radioterapia e quimioterapia. O veículo deverá estar no município para atendimento à população a partir do primeiro trimestre de 2017.

Scroll Up