Home » Notícias » Emitida licença prévia do RMB que trará investimento de 1 bilhão para Iperó

Emitida licença prévia do RMB que trará investimento de 1 bilhão para Iperó

Emitida licença prévia do RMB que trará investimento de 1 bilhão para Iperó

Na última segunda-feira (4), o Ibama emitiu a Licença Prévia nº 500/2015, referente ao Reator Multipropósito Brasileiro – RMB -, proposto pela Comissão Nacional de Energia Nuclear – Cnen – e com projeto de instalação no município de Iperó/SP.

 

Segundo coordenador técnico do projeto, membro da Cnen, Sr. José Augusto Perrota “A atenção e suporte do prefeito de iperó e de toda a equipe foram fundamentais para chegarmos a este momento. Temos na prefeitura um grande apoio e com certeza nos empenharemos para que o projeto possa proporcionar ainda mais investimentos para Iperó”.

 

O projeto do RMB foi iniciado, após a crise internacional de fornecimento do molibdênio-99 – Mo-99 – que em seu decaimento radioativo, produz o radioisótopo tecnécio-99m (Tc-99m) utilizado nos radiofármacos mais empregados na medicina nuclear para a realização de exames que permitem diagnosticar tumores, doenças cardiovasculares, função renal, problemas pulmonares, neurológicos, entre outros. Na época, em razão da crise, milhares de pacientes careceram de atendimento na área de medicina nuclear no Brasil.

 

Com a instalação em Iperó, o RMB auxiliará na autonomia do país, garantindo a produção dos insumos necessários à medicina nuclear e a ampliação da produção de material e técnicas nucleares, consequentemente, gerando benefícios na área da saúde. Além disso, os isótopos radioativos que serão produzidos servirão de insumos para produtos com aplicação na indústria, na proteção do meio ambiente e na agricultura, além de desenvolver capacidade técnica e continuada formação de recursos humanos especializados.

 

O prefeito de iperó comemora “Estamos acompanhando o projeto passo a passo com a consciência de que será um grande ganho para o país. E, para nossa população, certamente trará inúmeros benefícios com a atração de novas empresas, a geração de emprego e renda e o investimento na área da saúde com o convênio que celebraremos com a Marinha do Brasil para criação de um Hospital Local Designado (HLD) e aquisição de novos equipamentos”.

 

O projeto, que será desenvolvido ao longo de seis anos, prevê um total de R$ 1 bilhão de investimentos, sem mencionar o custo estimado em R$ 5 milhões para aquisição da área.