Home » Notícias » Hora do Planeta é marcada por muita diversão e consciência ambiental

Hora do Planeta é marcada por muita diversão e consciência ambiental

Hora do Planeta é marcada por muita diversão e consciência ambiental

O movimento mundial ‘Hora do Planeta’, que consiste em intervenções protetoras à natureza, aconteceu pela primeira vez em Iperó no último sábado (30), por iniciativa da Prefeitura junto a Secretaria de Meio Rural, Ambiente e Turismo (Serat). O evento ocorreu na Praça Padre Calixto (Praça da Matriz), acompanhado à Feira Livre, e contou com apresentações e diversas atividades para a população.

A mobilização pelo Planeta começou com contações de histórias, realizada pelo artista mairinquiense Outro Luiz. Em seguida, a Banda Marcial de Iperó (BANMIP) prendeu a atenção do público com apresentações rítmicas e instrumentais de músicas populares. Ao longo do dia, a população também pôde participar da troca de livros e brinquedos, descartar com responsabilidade materiais eletrônicos, deixar mensagens no painel interativo “O que você deseja para o futuro do planeta?”, realizar pinturas e desenhos sobre o meio ambiente e receber mudas através do Programa Iperverde. Ao todo, 129 mudas de árvores nativas foram doadas a 60 munícipes.

Todo o trabalho foi possível por conta da equipe de 16 voluntários que auxiliaram nas atividades do evento. Laís Lara, uma das voluntárias, conta que participou por estímulo de sua filha do meio, Larissa, de 8 anos, que deu a ideia de se candidatar e também levou suas irmãs Lis, de 12 anos, e Laura de 4 para fazer parte.

“A vida é muito melhor quando trabalhamos em prol de alguma coisa, quando trabalhamos com um propósito de nos tornarmos pessoas melhores trazendo um impacto positivo para sociedade. Além do mais, foi muito gratificante ver minhas filhas se realizando com aquilo que um dia sonharam fazer. Elas brincaram, fizeram amizades, trocaram brinquedos e ainda contribuíram com uma causa nobre, que é cuidar nosso planeta”, relata Laís.

Paula Nery, de 19 anos, também conta ter gostado da experiência e espera pela próxima oportunidade de contribuir novamente, “Foi maravilhoso! Doar árvores e ver as pessoas saindo felizes, ouvir opiniões de tanta gente, tudo foi muito legal e gratificante. ‘Tô’ louca para poder ajudar de novo”.

A principal atividade proposta pela ONG WWF (Fundo Mundial para a Natureza) para a Hora do Planeta é o momento de apagar as luzes de algum lugar ou monumento da cidade durante uma hora. Sendo assim, após as atividades durante o dia, a luz do letreiro “IPERÓ”, localizado na entrada da cidade, foi apagada durante a noite, simbolizando um alerta sobre o impacto das mudanças climáticas. Segundo a WWF, a Hora do Planeta foi aderida por cidades de 188 países, contabilizando mais de 17 mil monumentos apagados.