Home » Notícias » Investimentos aumentam o número de atendimentos

Investimentos aumentam o número de atendimentos

Investimentos aumentam o número de atendimentos

A GUARDA Civil Municipal (GCM) atendeu no período de 1º de janeiro à 30 de junho deste ano, 831 ocorrências das mais diversas. O número é mais que o dobro dos atendimentos realizados no semestre anterior (1º de julho à 31 de dezembro de 2014) quando 345 ocorrências foram atendidas pela corporação.

“A GCM vem desenvolvendo um trabalho diversificado. Atendemos ocorrências de todos os tipos e níveis de complexidade. Estamos trabalhando em ações que visam a orientação, fiscalização e apoio de toda comunidade e não apenas naquelas que envolvem a segurança da população. Só temos condição de realizar esse trabalho por todo o apoio e infraestrutura que recebemos nos últimos dois anos e meio. Isso mostra que podemos ajudar a fazer a diferença!”, destaca o comandante Ronaldo César da Silva Messias.

Para o prefeito o investimento mostra resultado. “Decidimos que investiríamos na GCM porque acreditamos no trabalho que poderiam desenvolver. Regularizamos as promoções, dobramos o efetivo e, após a avaliação de cada GCM, devolvemos as armas para o melhor desenvolvimento das atividades. Sem mencionar os investimos em infraestrutura, Esses dados que recebemos, muito mais do que números de ocorrências, demonstram o entrosamento da GCM com a população. A cidade acredita no trabalho de nosso guardas e nós também.”

A GCM destaca que entre os atendimentos realizados estão ocorrências que envolvem apoio as ações da administração como da fiscalização, do conselho tutelar, do departamento de trânsito, saúde e demais departamentos da administração, ações que envolvem auxílios ao público em geral, apoio nas questões de sinalização de trânsito, acidentes com ou sem vítima, atropelamentos, captura de animais, ações de atendimento de ocorrências envolvendo atos infracionais, furto, lesão corporal, roubo, porte e tráfico de entorpecentes entre outras e ações em apoio as Polícias Civil e Militar.

Os meses mais críticos foram Janeiro (21% das solicitações) e Maio (18%) sendo que nesse período o maior número de ocorrências deu-se na área central (8,99%), seguida do bairro George Oetterer (7,87%) e do Novo Horizonte (4,49%). Esses dados apurados serão agora utilizados no planejamento das ações do efetivo e para melhoria dos trabalhos daGCM.

Mais informações sobre o trabalho e as ações da GCM podem ser obtidas na sede da corporação que fica na avenida Santa Cruz, 130, ou pelo numero 3266-1617.