Home » Destaque » “Microbacias II” beneficiará estradas rurais de Iperó

“Microbacias II” beneficiará estradas rurais de Iperó

“Microbacias II” beneficiará estradas rurais de Iperó

Mais R$ 700 mil reais foram destinados a Iperó pelo Governo do Estado, em benefício da área rural, visando a recuperação dos trechos críticos das estradas rurais e conservação das vias onde há o maior fluxo da produção agrícola local. A liberação dos recursos acontecerá por meio do projeto de “Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II – Acesso ao mercado”, que é coordenado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e financiado pelo Banco Mundial.

Alan Martins Ribeiro, técnico em Agroecologia, explica que serão diversos os benefícios. “Vai refletir na qualidade de vida dos moradores, pois dependem das estradas, e vai refletir também na melhora do mercado, pois essas vias permitem o escoamento da produção e precisam estar conservadas”, conta.

“É uma iniciativa que vem para fortalecer a nossa infraestrutura na área rural. Está sendo feito o levantamento detalhado dos trechos que serão contemplados, materiais a serem utilizados e tipo de serviços que precisam ser realizados. O estudo será entregue até o fim deste mês para que as obras possam ser iniciadas e estejam concluídas até o início do segundo semestre”, comentou o prefeito.

Essas ações relacionadas às estradas rurais surgiram através de um plano de negócios apresentado pela Cooperativa Agropecuária Filadélfia de Fruticultores, Avicultores e Pecuaristas de Gado Confinado (COAGROFIL) no último edital 2015/2016, no valor de R$ 800 mil, que prevê a construção de um galpão agroindustrial e a implantação de uma agroindústria de processamentos de frutas, legumes e verduras. A partir da aprovação deste plano, foi possível a liberação do montante de R$ 700 mil para investimento nas estradas rurais cujos trechos a serem recuperados foram definidos em reunião realizada no último dia 11.

Além dos representantes da Prefeitura, estiveram presentes na reunião os representantes da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), Carlos Eduardo Maluf e Maria Luiza Moura Mendes, o representante dos agricultores de Iperó, Sergio Antônio Nery, o representante da COAGROFIL, Claudio Francisco Rodrigues, e o consultor Alan Martins Ribeiro.

Scroll Up