Home » Notícias » Mutirão de combate ao Aedes recomeça no dia 21

Mutirão de combate ao Aedes recomeça no dia 21

Mutirão de combate ao Aedes recomeça no dia 21

Com a prorrogação da campanha “Todos juntos contra o Aedes Aegypti”, promovida pelo governo do Estado de São Paulo, o mutirão de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika vírus será reiniciado em Iperó no próximo sábado (21). As ações serão realizadas dois sábados por mês até abril. O “centro velho” será a primeira região da cidade percorrida pelas equipes. Já no dia 28 o mutirão acontecerá no bairro George Oetterer.

O mutirão em Iperó é promovido pela Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, e vai percorrer todo o município orientando a população e recolhendo materiais que possam acumular água. Cerca de 30 pessoas, entre agentes comunitários de Saúde e agentes de Controle de Vetores vão atuar nessa nova etapa do mutirão.

Como o mosquito se prolifera em locais com água parada, é essencial a eliminação de recipientes que acumulam água. “Essas ações são importantes para conscientizar a população sobre as doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti. Se todos mantiverem os cuidados em suas residências, eliminamos o risco de epidemias no município”, explicou Silvana Souza, da Vigilância Epidemiológica.

Até o momento houve um caso de Dengue, importado, confirmado no município. Outros quatro foram notificados e estão em fase de investigação. Não houve nenhum caso de Zika vírus. Em relação à Chikungunya, há um caso suspeito que ainda aguarda o resultado dos exames. Em 2016 foram 40 casos de Dengue, sendo 19 importados e 21 autóctones. Houve ainda o registro de cinco casos importados de Chikungunya e nenhum registro de Zika vírus.

“Os mutirões realizados durante o ano passado tiveram excelentes resultados e contribuíram para uma diminuição considerável dos casos dessas doenças em Iperó, principalmente no que diz respeito à Dengue. A participação da população é muito importante e por isso contamos com todos os iperoenses novamente, para que a nossa cidade continue protegida”, comentou o prefeito.