Home » Campanhas » Outubro Rosa 2021

Outubro Rosa 2021

Outubro Rosa 2021

O que é cancêr de mama?

É uma doença resultante da multiplicação de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns se desenvolvem rapidamente, e outros, não. A maioria dos casos tem boa resposta ao tratamento, principalmente quando diagnosticado e tratado no início.

O que causa o câncer de mama?

Não há uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao câncer de mama. O risco de desenvolver a doença aumenta com a idade, sendo maior a partir dos 50 anos.

Quais são os sinais e sintomas do câncer de mama?

• Caroço (nódulo) endurecido, fixo e geralmente indolor. É a principal manifestação da doença, estando presente em mais de 90% dos casos.
• Alterações no bico do peito (mamilo).
• Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço.
• Saída espontânea de líquido de um dos mamilos.
• Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.

Como fazer o auto exame?

1) DE PÉ EM FRENTE AO ESPELHO OBSERVE:

O bico dos seios; superfície; o contorno das mamas.

2) AINDA EM PÉ EM FRENTE AO ESPELHO:

Levante os braços. Observe se o movimento altera o contorno da superfície das mamas.

3) DEITADA, COM A MÃO DIREITA, APALPE A MAMA ESQUERDA

Faça movimentos circulares suaves, apertando levemente com as pontas dos dedos.

4) DEITADA, COM A MÃO ESQUERDA, APALPE A MAMA DIREITA

Faça movimentos circulares suaves, apertando levemente com as pontas dos dedos.

5) NO BANHO, COM A PELE ENSABOADA

Com a pele molhada ou ensaboada, eleve o braço direito e deslize os dedoas da mão esquerda suavemente sobre a mama direita estendendo até a axila. Faça o mesmo com a mão esquerda.

Quem deve fazer mamografia de rastreamento?

É recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia a cada dois anos. A mamografia para avaliar uma alteração suspeita na mama é chamada de mamografia diagnóstica e poderá ser feita em qualquer idade quando há indicação médica

Fatores de risco:

Comportamentais/ambientais

• Obesidade e sobrepeso após a menopausa.
• Sedentarismo (não fazer exercícios).
• Consumo de bebida alcoólica.
• Exposição frequente a radiações ionizantes (raios X, mamografia e tomografia).

História reprodutiva/hormonais

• Primeira menstruação (menarca) antes dos 12 anos.
• Não ter tido filhos.
• Primeira gravidez após os 30 anos.
• Não ter amamentado.
• Parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos.
• Ter feito uso de contraceptivos orais (pílula anticoncepcional) por tempo prolongado.
• Ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente se por mais de cinco anos.

Hereditários/genéticos

• História familiar de:
» Câncer de ovário.
» Câncer de mama em homens.
» Câncer de mama em mulheres, principalmente antes dos 50 anos.
A mulher que possui alterações genéticas herdadas na família, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2,tem risco elevado de câncer de mama. Apenas 5 a 10 % dos casos da doença estão relacionados a esses fatores.

Fonte: Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) – Ministério da Saúde

Cartilha Mama 6ª Edição 2021