Home » Destaque » Prefeito assina acordo de cooperação com a Flona de Ipanema

Prefeito assina acordo de cooperação com a Flona de Ipanema

Prefeito assina acordo de cooperação com a Flona de Ipanema

O prefeito de Iperó assinou um acordo de cooperação com a Floresta Nacional de Ipanema (Flona), no último dia 8, visando a preservação e a conservação do local. O documento propõe ações em diversas áreas, incluindo capacitação dos profissionais que atuam com licenciamento e fiscalização, além de apoio aos programas Cidade Legal e Município Verde e Azul. Também está previsto o desenvolvimento de um protocolo de atendimento para manejo de fauna.

Além do prefeito de Iperó, assinaram o documento os prefeitos de Araçoiaba da Serra, Dirlei Salas Ortega, de Capela do Alto, Péricles Gonçalves, e de Sorocaba, José Crespo. O evento aconteceu no auditório da Academia Nacional da Biodiversidade (AcadeBio), e contou com a presença do chefe da Flona, Rafael Ferreira Costa, da chefe da AcadeBio, Marina Kluppel, profissionais ligados à área de Meio ambiente e autoridades dos municípios.

Rafael Ferreira Costa explica que em 2017 cerca de 50 mil visitantes passaram pela Flona. “O acordo é importante, porque fortalece a gestão ambiental nos municípios, uma vez que haverá cursos em áreas estratégicas como fiscalização e licenciamento, além dos protocolos que definiremos, como  manejo de fauna e resgate de acidentados em áreas naturais. Também está previsto o apoio dos municípios para a gestão da unidade, o que beneficia os visitantes e todos os envolvidos nos serviços ambientais prestados pela unidade de conservação. Outro ponto de destaque é a possibilidade de alinhamento entre os municípios e a Flona para potencializar a questão do turismo na região”, comentou o chefe da Flona. 

O prefeito destacou a importância dessa parceria e união de forças entre a Flona e os municípios. “É um grande prazer e alegria participar deste momento histórico de união dos municípios em prol da nossa maior preciosidade, que é a Flona. Parabenizo a todos que trabalharam neste projeto. Foram 10 meses de trabalho para formatar o documento e isso certamente trará resultados muito positivos para a nossa região, principalmente em áreas como Meio ambiente e Turismo. Contem sempre conosco”, ressaltou.

A preservação do sítio histórico de Ipanema também será priorizada. Entre o conjunto arquitetônico estão os altos-fornos onde aconteceu a primeira fundição de ferro no Brasil (1818), a Casa de Armas Brancas e o casarão da sede da Real Fábrica de Ferro.