Home » Notícias » Prefeito assina acordo de cooperação com associação ferroviária

Prefeito assina acordo de cooperação com associação ferroviária

Prefeito assina acordo de cooperação com associação ferroviária

O prefeito de Iperó assinou, na tarde desta terça (27), um acordo de cooperação técnica com a Associação Movimento de Preservação Ferroviária do Trecho Sorocabana, cuja sede fica em Sorocaba. O objetivo é fomentar a preservação ferroviária em Iperó e Sorocaba, com a implantação de um Centro de Memória Ferroviária na estação ferroviária de Iperó e o aproveitamento dos materiais ferroviários inservíveis existentes em Iperó no trem turístico entre Sorocaba e Votorantim.

Além do prefeito, participaram do encontro o secretário de Meio Rural, Ambiente e Turismo, o jornalista Hugo Augusto Rodrigues, e os representantes da associação, Eric Mantuan Cézar de Camargo e Abílio Daniel Teles de Medeiros.

No acordo também está prevista a realização de campanha direcionada à população, para criar o acervo do Centro de Memória Ferroviária, que contará com doações de peças ferroviárias, coleta de depoimentos e reprodução de imagens relacionadas à ferrovia. Além disso, serão contatados órgãos de preservação ferroviária e governamentais que possam auxiliar na obtenção de peças para o acervo.

TREM TURÍSTICO – Durante o encontro foi abordado ainda sobre o trem turístico ligando Iperó a Sorocaba, passando pela Floresta Nacional de Ipanema (Flona). As discussões sobre o tema foram retomadas no segundo semestre do ano passado, entre representantes de Iperó, de Sorocaba e da Flona. O próximo passo é o desenvolvimento do Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE). 

“A assinatura desse acordo de cooperação é muito significativa para as nossas ações relacionadas ao legado ferroviário de Iperó. O Centro de Memória Ferroviária vai contribuir com a preservação das nossas raízes e será um atrativo para os passageiros que transitarem pela estação quando o trem turístico estiver em funcionamento. E a implantação do trem turístico no trecho Iperó-Flona-Sorocaba permitirá manter vivo esse período importante da nossa história, que foi essencial ao desenvolvimento da cidade desde o fim da década de 1920”, comentou o prefeito.