Home » Destaque » Prefeito assina contrato para garantir infraestrutura em novo loteamento

Prefeito assina contrato para garantir infraestrutura em novo loteamento

Prefeito assina contrato para garantir infraestrutura em novo loteamento

Na última sexta (3), o prefeito de Iperó assinou um contrato com a empresa Ecovita Incorporadora e Construtora Ltda, para garantir a execução da infraestrutura do loteamento residencial “Jardim Nova Bacaetava”. O documento é assinado para que, caso não sejam realizadas as obras, a Prefeitura possa executar com a garantia efetivada pelo loteador. A área de 270,5 mil metros quadrados fica nas proximidades do bairro Bacaetava e contará com 585 unidades residenciais.

O empreendimento foi aprovado pelo Grupo de Análise e Aprovação de Projetos Habitacionais do Estado de São Paulo (Graprohab) em outubro de 2016. Além do prefeito, estiveram presentes no encontro o vice-prefeito, a secretária de Planejamento e Desenvolvimento, e os representantes da empresa, Elaine Aparecida Franchi Simões, Lourenço Ranieri Filho e Roberta de Angelis Scaramucci.

De acordo com o projeto apresentado, as residências terão dimensão de 44,04 metros quadrados e custarão R$ 100 mil. O subsídio do governo federal para a aquisição desses imóveis poderá chegar a R$ 30 mil para quem se enquadra na faixa salarial de até um salário mínimo e meio. Para aqueles que recebem acima dessa faixa, o subsídio será concedido de acordo com a renda comprovada. O financiamento dos imóveis será feito através da Caixa Econômica Federal (CEF) e a Ecovita será a executora das obras.

No loteamento, além das residências, serão realizadas as obras referentes à abertura das vias, rede de distribuição de água, rede de coleta de esgoto, rede de distribuição de energia elétrica e iluminação pública, guias e sarjetas e condições de acesso a pessoas com deficiência, pavimentação asfáltica, rede de coleta de águas pluviais, arborização das vias, sistemas de lazer e passeios públicos e sistema de sinalização de trânsito.

O cadastramento para identificar a demanda habitacional, realizado pela Prefeitura de Iperó em 2014, será revisado e todos os inscritos serão contatados pela empresa. Também será feito o cadastramento para novos interessados em participar do processo. A partir desses bancos de dados, serão coletadas e atualizadas as informações para a análise de crédito de todos os interessados em adquirir os imóveis através de financiamento.

“É um processo bastante burocrático, mas já concluímos etapas importantes. Estamos trabalhando para a implantação desse loteamento residencial desde 2014. Agora será feito o registro no cartório, que leva em torno de 60 dias, e o início do processo junto à CEF. A expectativa é que até junho estejam finalizados todos os procedimentos e as obras no local possam ser iniciadas”, explicou o prefeito.

Minha Casa Minha Vida – Capoavinha: Em relação à construção das 38 unidades habitacionais no bairro Capoavinha, no âmbito do programa federal “Minha Casa Minha Vida” (MCMV), o retorno das obras depende da emissão de nova portaria, conjunta entre o Ministério das Cidades e o Ministério do Planejamento, autorizando a prorrogação do prazo e orientando sobre as formas de pagamento e repasses à construtora. Essa situação ocorre em todo o país atualmente, visto que o prazo anterior se encerrou em novembro de 2016. De acordo com o Ministério das Cidades, a previsão é que essa portaria seja emitida ainda em fevereiro e todas as obras vinculadas ao MCMV sejam retomadas. As unidades habitacionais do Capoavinha não têm relação com o loteamento residencial “Jardim Nova Bacaetava”, mas a Prefeitura está acompanhando para que sejam finalizadas também.

Scroll Up