Home » Destaque » Prefeito busca solução para o acesso à Vila Santo Antonio e Novo Horizonte

Prefeito busca solução para o acesso à Vila Santo Antonio e Novo Horizonte

Prefeito busca solução para o acesso à Vila Santo Antonio e Novo Horizonte

O prefeito de Iperó se reuniu com o coordenador geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Marcelo Almeida Pinheiro Chagas, e o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Sérgio de Assis Lobo, nesta quarta (29), em Brasília. O encontro com os representantes dos órgãos federais teve como tema principal a regularização do acesso à Vila Santo Antonio e Novo Horizonte, por meio da passagem de nível que atravessa o pátio ferroviário.

Após a retirada dos vagões que ficaram no pátio por mais de 30 anos, em 2014 a Prefeitura e a América Latina Logística (ALL), então concessionária da ferrovia, firmaram um acordo e a empresa assumiu diversos compromissos, entre eles o de auxiliar o acesso dos mais de 1500 moradores dos bairros Novo Horizonte, Vila Santo Antonio e entorno à área central pela passagem nas proximidades do Centro de Convivência da Terceira Idade (Ceconti).

Passados mais de dois anos e sem o cumprimento do acordo pela empresa, em 2016 a população, por conta própria, realizou melhorias na passagem de nível, facilitando e encurtando o acesso e o fluxo de veículos e pedestres. Ao tomar conhecimento da situação, a Rumo (atual concessionária) enviou uma carta ao município informando que a ANTT havia considerado clandestina a passagem e em julho de 2016 tentou fechar o acesso. Com o descontentamento da população e a manifestação dos moradores, o fechamento foi suspenso.

Mesmo assim, o caso ainda gerou um processo judicial que está em andamento da Justiça Federal em Sorocaba, além de um inquérito na Polícia Federal, ao qual o prefeito também responde, apesar de não ter sido a Prefeitura a responsável pela abertura da via. Todo esse impasse preocupa o município, que tem buscado uma solução definitiva para o caso. Em maio do ano passado o prefeito esteve no DNIT, em São Paulo, onde reivindicou que fosse feita ao menos a regularização provisória da passagem, até que se resolvesse completamente a questão.

De acordo com o prefeito, foi bastante produtivo o encontro em Brasília nesta quarta. “Fui muito bem recebido pelos representantes do DNIT e da ANTT e o pedido foi aceito com otimismo. Mostrei imagens e a história do local, reafirmando a importância dessa regularização. Vai beneficiar toda a população e resolver esse problema e impasse que vêm se arrastando há anos. Da forma como está hoje, a Prefeitura não pode fazer nenhuma melhoria. Com a regularização será possível buscarmos recursos para benfeitorias na via, inclusive no que diz respeito à pavimentação”, comentou o prefeito.

O prefeito explicou também que a ANTT vai se reunir com a Rumo em setembro para buscar uma solução definitiva sobre o acesso. “O diretor da ANTT reconheceu toda a problemática e se comprometeu a auxiliar na regularização. Após essa reunião haverá um novo encontro, dessa vez também com a presença do município, para formalizar o acordo. A nossa expectativa é resolver de vez esse impasse”, finalizou.