Home » Destaque » Produtores de Iperó assinam contratos para a merenda escolar

Produtores de Iperó assinam contratos para a merenda escolar

Produtores de Iperó assinam contratos para a merenda escolar

Na manhã da última segunda (22), na Estação Ambiental, representantes da Cooperativa dos Agricultores Familiares 16 de Maio (COOPMAIO), da Cooperativa de Produtores Rurais de Ipanema e Região (COPRIR), da Cooperativa dos Produtores Rurais do Bairro do Morro e Região (COOBAMO), da Cooperativa de Produtores Agrícolas e Artesanato da Fazenda Ipanema (COOPRAFI) e da Associação de Trabalhadores e Produtores Rurais de Iperó e Região, assinaram os contratos para fornecimento de gêneros alimentícios à merenda escolar do município, integrando o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Também estiveram presentes o secretário de Meio Rural, Ambiente e Turismo (SERAT) e as nutricionistas do Departamento de Alimentação Escolar.

De acordo com o PNAE, no mínimo 30% da merenda escolar deve utilizar produtos da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou suas organizações. Em 2013, a Secretaria de Educação, com o apoio dos produtores e da SERAT, realizou um estudo sobre a produção agrícola e identificou as principais cadeias produtivas de Iperó.

Isso permitiu privilegiar os produtos cultivados no município para o cardápio dos alunos da rede municipal. Desde então, frutas como a goiaba, laranja, tangerina, banana e melancia, além de outros 30 itens divididos entre verduras e legumes produzidos em Iperó, passaram a integrar a merenda.

Semanalmente, as escolas municipais, os centros de educação infantil (CEIs), os projetos educacionais e a APAE recebem os alimentos, seguindo um cardápio pré-definido. É o Departamento de Alimentação Escolar que acompanha o processo. “A aquisição dos produtos locais para a merenda escolar é muito importante, pois complementa os cardápios e inclui alimentos regionais, respeitando as referências nutricionais e os hábitos alimentares locais”, explicou a nutricionista Luciana Ribeiro.

Abdeel da Silva Lima é um dos produtores que fornece alimentos para a merenda escolar e comenta que a parceria com a Prefeitura permite aumentar a renda dos agricultores familiares e mantém os recursos no próprio município. “Geramos mão-de-obra e trabalho no campo, diminuindo o êxodo rural. Além disso, melhoramos a vida das famílias e contribuímos para a qualidade da merenda, pois os produtos chegam mais rápido aos alunos”, disse.

Para o prefeito, a merenda de qualidade reflete na qualidade da educação. “Com a agricultura familiar adquirimos produtos frescos e isso é muito importante. Um aluno bem alimentado fica cheio de energia para estudar. Por isso, nosso objetivo é elevar esse percentual de produtos locais na nossa merenda, para continuar valorizando os nossos produtores”, ressaltou.