Home » Notícias » Programa distribui 5 toneladas de alimentos às famílias

Programa distribui 5 toneladas de alimentos às famílias

Programa distribui 5 toneladas de alimentos às famílias

Cerca de 2.250 pessoas em situação de vulnerabilidade social estão sendo beneficiadas pela Prefeitura de Iperó com a distribuição semanal de cinco toneladas de alimentos ”in natura”, produzidos pelos pequenos produtores rurais da cidade.

Ao todo são oito pontos de distribuição espalhados estrategicamente pela cidade e funcionam em igrejas, pastorais, entidades de apoio, Apae de Iperó e Centro de Convivência da Melhor Idade (Ceconti).

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é desenvolvido em parceria com o Governo Federal e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Nesta semana a entrega dos alimentos foi realizada ontem (13) no Centro e hoje em George Oetterer.

O PAA é desenvolvido em poucas cidades do Estado e fortalece a agricultura familiar. ”Ao mesmo tempo que garante a segurança alimentar das famílias beneficiadas, ao adquirir os produtos diretamente dos agricultores, o programa agrega valor à produção dos alimentos”, explica o prefeito.

A dona de casa Marli Rodrigues recebe os alimentos toda a semana e elogia a organização e distribuição. ”São coisas que realmente precisamos comprar e muitas famílias não têm como adquirir porque está sem trabalho”, conta.

Para o presidente da Apae de Iperó, Jaime Aparecido de Camargo, o PAA melhora a qualidade da alimentação das crianças atendidas. ”Além de abastecer nossa unidade, alguns dos alimentos são encaminhados às famílias dos 43 alunos”, destaca.

A Pastoral da Promoção Humana é outra entidade beneficiada pelo programa, que ajuda centenas de famílias e colabora na distribuição dos alimentos.

Viviane Aparecida Fagundes, que é membro da Pastoral, visita as famílias necessitadas, levando roupas e alimentos. “Nós visitamos os lares destas pessoas levando roupas, alimentos e uma palavra de conforto e fé. Alimento para o corpo e para a alma”, revela.

“O PAA é um programa gratificante, onde todos saem ganhando: os produtores rurais, os distribuidores e as famílias, que recebem o alimento”, afirma o secretário do Meio Ambiente, Rural e Turismo.

– Meio ambiente

Na entrega realizada ontem, no centro, além de receber os alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos, os iperoenses levaram para casa as ecobags (sacolas ecológicas), confeccionadas em tecido, pelas voluntárias do curso de costura, do Fundo Social de Solidariedade.

O objetivo é substituir gradativamente as sacolas plásticas pelas retornáveis. “É uma forma de apoiar as famílias na conscientização ecológica evitando a geração de lixo plástico”, disse Valdenis Ribera Mira, presidente do FSS.

Elisabete Ferreira de Souza destacou a comodidade e elogiou a iniciativa de conscientização. “Muito boa a ideia: muitos não tem carrinhos de feira para levar os alimentos e também evitamos o consumo de sacolas plásticas”.

Nas próximas semanas, o Fundo Social de Solidariedade fará a distribuição das sacolas ecológicas também no bairro de George Oetterer.

PAAPAA (2)