Home » Destaque » Projeto premia alunos destaques

Projeto premia alunos destaques

Projeto premia alunos destaques

O projeto “Jovens Talentos”, fruto de uma parceria da Secretaria de Educação com a Fundação Patria e o Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo, realizou na última terça-feira (27), a fase final para escolha e premiação dos alunos que mais se destacaram com seus projetos sustentáveis de ciências.

A premiação aconteceu no Polo Cultural, onde os alunos, regularmente matriculados à partir do Ensino Fundamental II ao Ensino Médio,  apresentaram os trabalhos a uma Comissão de Avaliação, que decidiu, após votação, os títulos de 1º, 2º e 3º lugar. A Comissão de Avaliação foi composta por três representantes da Fundação Pátria, Srs. Ricardo Gomide, Walter dos Santos Duarte Júnior e Luis Cláudio de Oliveira, e também da Prefeitura, Sra. Juliana Andrade, supervisora de ensino, e Sr. Paulo Henrique Silveira Fagundes, da assessoria de Governo. Segundo a Comissão, a decisão foi difícil pela qualidade dos trabalhos apresentados e dedicação dos alunos e gestores envolvidos.

O 1º lugar ficou para os alunos Davi Celso da Silva Santos, Jullia Victória da Silva Andrade, Ryan Soares Silva e Wesley da Silva Souza, da escola municipal Profª Henory de Campos Góes, que criaram um aplicativo para smartphone chamado “Iperocicla”. O aplicativo fornece aos usuários
endereços atualizados dos pontos de coleta de recicláveis dentro do município.

No 2º lugar ficaram os alunos da escola Profº Roque Ayres de Oliveira, Diandro Sebastião Moreira, Fernando Pereira Fernandes, Maxuel Pereira da Cruz, Thiago Oliveira Mery Geribola e Yasmim Walter Leme, que apresentaram o “Forno Solar”. Eles construíram uma caixa isolada de madeira, com vidro transparente em cima e um espelho para refletir a luz do sol para dentro desta caixa. A ideia do forno é transformar a radiação solar em calor (gerando até 62ºC), criar um efeito estufa e usar esse calor para aquecer água, cozinhar, secar ou assar alimentos.

Os alunos da escola Profª Pedrina de Campos Pedrozo Rosa, Ana Vitoria Feyisayo Layiwola, Maria Aparecida da Silva Romano, Maria Eduarda  Ribeiro Barbosa dos Santos, Jayne da Conceição Costa, ficaram com a 3ª posição ao criar uma cisterna para a escola. O equipamento capta a água das chuvas proveniente das calhas, retirando sujeiras densas e permitindo seu reaproveitamento, além de destiná-la também para regar a horta que os próprios alunos plantaram na escola.

Os alunos receberam prêmios como prêmio tablets, um kit de física para a escola (para continuidade das experiências cientificas) e um passe de visita
ao Centro Experimental Aramar.

O projeto “Jovens Talentos” tem o objetivo de aproximar os alunos das escolas públicas, criando a oportunidades de interação entre os alunos, professores e as instituições tecnológicas, apresentando, assim, atividades experimentais nas áreas de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Ciências Sociais Aplicadas e Tecnologia.

“Estes alunos são talentosos e procuraram desenvolver soluções simples e sustentável, projetos que podem ser implantados facilmente em qualquer
lar iperoense, ou que atendem aos anseios da comunidade. Por isso a importância do aluno participar deste projeto com o apoio da escola e instituições. Essas são ideias que tornam o mundo cada vez melhor. Parabéns aos envolvidos e a todos os alunos que participaram”, disse o prefeito. ■