Home » Destaque » Qualidade da merenda escolar é destaque entre os alunos

Qualidade da merenda escolar é destaque entre os alunos

Qualidade da merenda escolar é destaque entre os alunos

Um cardápio saboroso que privilegia produtos locais. Dessa forma é feita a merenda para as redes municipal e estadual, cuja qualidade é destaque entre os alunos. Através de convênio, o Estado enviou R$ 127,3 mil para a merenda das escolas estaduais em 2015, enquanto os recursos federais para a educação infantil e escolas municipais de ensino fundamental I e II foram de R$ 728,4 mil no mesmo período. Mas esses valores não são suficientes para que todos os estudantes recebam a alimentação de forma satisfatória diariamente. Por isso, a Prefeitura faz a complementação. Em 2015, foram investidos R$ 2,8 milhões com recursos próprios do município, sendo R$ 500,3 mil para o ensino médio.

Cerca de 40% dos alimentos oferecidos são produzidos pelos agricultores familiares do município. E isso foi possível através de uma parceria entre a Prefeitura e os produtores, integrando o Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE). Frutas como a goiaba, laranja, tangerina, banana e melancia, junto com outros 30 itens divididos entre verduras e legumes fazem parte da merenda de Iperó e o Departamento de Nutrição acompanha todo o processo.

Ana Lúcia, vice-diretora da Escola Estadual “Estação George Oetterer”, destaca que a distribuição da merenda tem acontecido normalmente. “Temos 550 alunos divididos entre manhã, tarde e noite, que estão satisfeitos. Não ouvimos reclamações e a Prefeitura tem feito a parte dela com qualidade”, diz.

De acordo com Thiago Ramires, coordenador da Escola Estadual “Dr. Gaspar Ricardo Júnior”, a merenda é muito bem aceita pelos alunos. “Sempre diversificada com arroz, feijão, carne e salada. São 890 alunos que comem diariamente e gostam bastante. Os alunos do noturno, principalmente, vêm direto do trabalho e jantam na própria escola. Para eles, a merenda é ainda mais significativa”, explica.

Jaqueline Clara Gutierrez Brésio, aluna do primeiro ano do ensino médio na Escola “Gaspar”, conta que a merenda é gostosa e a qualidade muito boa. “Tem carne e salada, além do arroz e feijão. Alguns alimentos eu não como, pois não gosto, mas a diversidade de opções para a nossa alimentação é muito grande e eu aprovo”, diz.

O prefeito comenta que a merenda do município tem dado exemplo. “Recentemente vimos problemas com a merenda em diversos municípios e até mesmo o encerramento de convênios com o Estado. Quando os alunos estão bem alimentados, ficam cheios de energia para estudar. Para muitos deles, essa é uma das únicas refeições que recebem ao longo do dia. Vamos continuar oferecendo uma boa merenda aos nossos estudantes, pois isso também reflete numa educação de qualidade”, finaliza.