Home » Destaque » Residencial Nova Bacaetava começa a ganhar forma

Residencial Nova Bacaetava começa a ganhar forma

Residencial Nova Bacaetava começa a ganhar forma

Obras em andamento já mostram as unidades habitacionais

Com obras em estágio avançado, as primeiras unidades do Residencial Nova Bacaetava, da empresa Ecovita Incorporadora e Construtora, começaram a ganhar forma. O novo bairro, com área total de 270.582,14 m², terá cerca de 600 unidades residenciais. O valor estimado das parcelas é a partir de R$ 450 por mês. A parceria da Prefeitura de Iperó com a empresa vêm por meio da casa modelo usada atualmente para as vendas, que futuramente será destinada para a Prefeitura ocupar através de necessidade, podendo ser de algum órgão ou serviço público. Além disso, uma das exigências feitas pela Prefeitura e pela Sabesp ao empreendimento é receber o esgoto do bairro Bacaetava, que será implantado, já que o empreendimento terá uma estação própria de tratamento de esgoto.

As novas casas contarão com 50m² em um lote com 160m², com 2 dormitórios, sala, cozinha e banheiro. Além disso, o bairro terá infraestrutura completa, com rede de água, sistema de coleta de esgoto, pavimentação, energia, guias, sarjetas, iluminação pública e drenagem de águas pluviais.

O empreendimento é decorrente de um trabalho iniciado em 2014 que levou ao cadastramento de interessados para identificar a demanda habitacional e a faixa de renda mais adequada. Com os dados levantados, naquela ocasião, passou-se a buscar novos empreendedores para realizarem investimentos na cidade que pudessem gerar a geração de emprego e renda para a população e ainda trazer oportunidades de aquisição da casa própria. Além do Residencial Nova Bacaetava, a Prefeitura de Iperó expediu diretrizes para outros três empreendimentos residenciais que estão com processo de aprovação em andamento.

“As obras demonstram o resultado de nosso trabalho iniciado em 2014. São a concretização das nossas ações e do planejamento que pensamos para a cidade ao longo dos últimos anos. Enfrentamos algumas dificuldades no decorrer desse processo e, diferente de muitos, acreditamos que as obras seriam executadas em benefício de muitas famílias iperoenses que esperavam a oportunidade para realizar o sonho da casa própria. Os dados do cadastramento demonstraram que cetenas de famílias moram de aluguel, e que na grande maioria, os valores de aluguel são na faixa entre 700 a 900 reais. Isso foi um ponto forte para darmos andamento na aprovação e apoio ao empreendimento, já que a parcela para a compra do imóvel é menor que o valor da locação geralmente paga”, comentou o prefeito.

Os interessados podem conhecer a casa decorada comparecendo ao ponto de vendas da Ecovitas, localizado na Rua Mário José Soares, próximo à Prefeitura. Os responsáveis pelo empreendimento relatam também que serão realizados plantões de atendimento nos bairros George Oetterer e Nova Bacaetava. Para uma simulação completa, é preciso ter em mãos os seguintes documentos: CPF e RG (do casal, para casados), certidão de nascimento ou casamento, comprovante de endereço atual, comprovante de renda (2 últimos holerites), carteira de trabalho e extrato do FGTS.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 99836-4952.

Casas do Capoavinha

Além do Residencial Nova Bacaetava, o município foi contemplado em 2015 com 38 unidades habitacionais no bairro Capoavinha (Oferta Pública 2012), que integram o programa federal Minha Casa Minha Vida”. No caso deste empreendimento, a administração municipal doou o terreno e a responsabilidade pelo início e término das obras é do Governo Federal. Com isso, a Prefeitura segue no aguardo de providências e continuidade das obras. “O empenho segue para o caso das casas do Capoavinha, que estamos acompanhando de perto com foco em dar andamento” finalizou o prefeito.