Home » Destaque » Secretaria da Saúde recebe alerta sobre casos de dengue na região

Secretaria da Saúde recebe alerta sobre casos de dengue na região

Secretaria da Saúde recebe alerta sobre casos de dengue na região

Iperó registrou apenas 1 caso importado em 2021, mas moradores devem intensificar os cuidados

A Prefeitura de Iperó, por meio da Secretaria de Saúde, recebeu um alerta sobre os casos de dengue em toda a região de Sorocaba. Segundo levantamentos, a atual época do ano é o período em que há aumento de números de casos da doença.

Em 2021 até o momento, Iperó registrou apenas 1 caso da doença, importado de uma cidade vizinha. Mas o alerta vale para que a população fique atenta aos cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito. “Estamos apreensivos, já que em nossa região os números de casos têm sido preocupantes. Nossa população deve estar atenta aos cuidados!” alerta o Coordenador de Combate a Endemias, Zelino Khalil de Queiroz.

O mosquito da dengue também transmite chikungunya e o zika vírus. Mobilize sua família e elimine a água parada, ajudando, assim, a combater os focos que podem virar criadouro do Aedes Aegypti. Os cuidados envolvem não só as medidas em sua residência, como também, cautela ao visitar outras cidades da região – utilize repelente e roupas compridas. Acesse outras cidades em caso de necessidade para prevenção não só da dengue, como também do coronavírus e outras doenças.

Vale ressaltar as ações de prevenção da proliferação do mosquito que são indispensáveis em sua casa, intensifique-os:

– Tampe os tonéis e caixas d’água;
– Mantenha as calhas sempre limpas;
– Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
– Mantenha lixeiras bem tampadas;
– Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
– Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
– Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
– Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa;
– Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;
– Limpe ralos e canaletas externas;
– Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;
– Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água.

A Secretaria de Saúde está atenta a possíveis novos casos. Os agentes de controle de endemias intensificaram as ações de rotina diante da situação de alerta, mas precisamos também que você faça a sua parte para que não tenhamos surtos da doença.

Juntos somos mais fortes!