Home » Notícias » Terceira idade participa de ações contra a violência ao idoso

Terceira idade participa de ações contra a violência ao idoso

Terceira idade participa de ações contra a violência ao idoso

“Silêncio é cumplicidade. Notificar é cuidar.” A frase chamou a atenção de quem recebeu o panfleto distribuído pelos participantes do Ceconti e do Viva Melhor Idade no último dia 15. Os dois grupos da terceira idade foram às ruas para conscientizar sobre a violência contra a pessoa idosa. Numa parceria que contou ainda com a Prefeitura de Iperó, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, além do Conselho Municipal Idoso e do Fundo Social de Solidariedade, foi realizada a panfletagem na área central e em George Oetterer, juntamente com uma palestra nos locais, marcando o ‘Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa’.

A data foi instituída em 2006 pelo INPEA (Organização Internacional para Prevenção de Abusos contra Idosos), ONU (Organização das Nações Unidas) e OMS (Organização Mundial da Saúde), para criar uma consciência mundial, social e política sobre o tema e apresentar formas da prevenção.

Ruth Dornela Paixão, presidente do Ceconti, explica que a violência contra o idoso acontece em diversos aspectos e na maioria das vezes vem de pessoas próximas. “Nós temos que conscientizar as pessoas para o respeito e o amor aos idosos. É preciso mostrar que eles merecem consideração e cuidados por parte de todos”, comentou.

Giane Marins Arruda, coordenadora do Viva Melhor Idade, fala que é de suma importância a conscientização. “Dessa forma, o idoso conhece todos os seus direitos, fica fortalecido e se sente mais protegido. O idoso é muito importante para a sociedade e precisa ser respeitado sempre”, disse.

De acordo com Luiza Mendes, do Conselho Municipal do Idoso, a violência contra os idosos é uma violação dos direitos humanos. “Para resolver a questão, o primeiro passo é romper o silêncio. Temos o Disque 100 (Direitos Humanos), o 190 (Polícia Militar), o CREAS, o CRAS, o Plantão Social da SADS, o Conselho do Idoso. Estamos de prontidão. A família é a responsável pelos idosos, mas a sociedade precisa estar presente também”, destacou.

Para o prefeito, cuidar dos idosos é tratar com respeito o futuro. “Todos os cidadãos têm o direito de viver com dignidade. A violência contra o idoso precisa ser combatida e essas ações de conscientização ajudam bastante”, ressaltou.

 

Conscientização Viva Melhor Idade 3

Integrantes do VIVA MELHOR IDADE reunidos em George Oetterer

 

Conscientização CECONTI 1

Integrantes do CECONTI reunidos no terminal rodoviário