Home » Venha Visitar Iperó

Venha Visitar Iperó

Conheça Iperó

Iperó, a 25 quilômetros de Sorocaba,e a 116km de São Paulo capital, com 51 anos de emancipação, possui cerca de 33,3 mil habitantes. Sua economia é baseada na indústria, comércio e agricultura. Iperó é o nome de um dos rios que limitam o território do município e significa, segundo a versão oficial, “águas profundas e revoltas”.

Estudos sobre a palavra “Iperó”

Há outras versões: uma diz que a palavra significaria “rio piscoso” e a outra, seria a aglutinação das palavras “Ipê + Peroba”, árvores encontradas no município e nas regiões sudoeste e centro-sul do Estado de São Paulo, onde o município está localizado. Além dessas, há a versão apresentada pelo geólogo e arqueólogo Luiz Caldas Tibiriçá, um dos maiores especialistas brasileiros em línguas indígenas, que apresenta o significado de Iperó como “casca amarga” (também em alusão à Peroba). Essa última versão, devido à importância da pesquisa de Tibiriçá, poderia ser levada em consideração com mais segurança, caso houvesse uma revisão do significado oficial (para a cidade) da palavra “Iperó”.

Também é importante citar os estudos publicados na Revista do Instituto Geográfico e Geológico de São Paulo entre 1947 e 1951:

Sobre as origens, sabe-se que a região de Iperó fazia parte de uma das rotas utilizadas pelos bandeirantes. Havia dois caminhos: o do Tietê e o do Paranapanema. O do Tietê, começando em Araritaguaba, descia o Anhembi (nome primitivo do rio Tietê), o Paraná e subia o Pardo (quando se dirigia a Vacaria). Ou então, seguia-se até o salto do Guairá para subir o Paranapanema (antes da destruição do Guairá). Os bandeirantes sorocabanos preferiram, muitas vezes, atingir o Tietê pelo rio Sorocaba, que só tinha uma cachoeira e era margeado por algumas matas onde havia madeiras para a construção de canoas. Assim, esses bandeirantes passaram por regiões que atualmente representam os limites de território entre os municípios de Iperó, Porto Feliz, Boituva, Tatuí, Cerquilho, Jumirim e Laranjal Paulista.

* Texto e pesquisa: Hugo Augusto Rodrigues

 

Prefeito  Vice-Prefeito Nosso Hino   Nossa Historia Brasão e Bandeira